Procon/JF orienta para as compras de material escolar

A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF), da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), está divulgando orientações para o consumidor, relacionadas às compras de material escolar, visando, inclusive, o controle de gastos. A primeira dica é pesquisar, seja em lojas físicas ou online, para garantir preço mais acessível. Se a compra for pela internet, perceba se o frete não sairá mais caro que o produto. Fazer compras coletivas também facilita a negociação de desconto.

Se o intuito é economizar ao máximo, é importante que os pais e responsáveis evitem os materiais que tenham personagens, logotipos e acessórios. Geralmente, os produtos sem adereços têm preço menos elevado.

Itens com tampas e pingentes, ou colas, tintas, pincéis atômicos e fitas adesivas devem ser seguros, a fim de que a criança não se machuque ou corra risco de ingestão. Por isso, é fundamental adquirir materiais com o selo de identificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e informações a respeito do fabricante ou importador, com boas condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum tipo de risco.

Antes de ir às compras, é importante atentar quanto ao reaproveitamento de alguns objetos utilizados ano passado, para não comprar material sem necessidade. Exija sempre a nota fiscal, e cheque se os produtos estão devidamente funcionando.

 

Fonte: Assessoria

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.