Saúde inicia programação do “Dezembro Vermelho” nesta sexta

Primeiro de dezembro marca o “Dia Mundial de Luta Contra a Aids”. Por isso, o mês é lembrado como “Dezembro Vermelho”, com objetivo de sensibilizar a população sobre a prevenção e o tratamento precoce do vírus da imunodeficiência humana (HIV, na sigla em ingês). Para refletir sobre o tema e aproximar-se dos usuários do serviço em Juiz de Fora, a Secretaria de Saúde (SS), por meio do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)/Aids promoverá, durante a primeira semana do mês, uma série de ações.

A programação terá início nesta sexta-feira, 29, com abertura da exposição “Coloque-se no meu Lugar, Calce Meus Sapatos”, no Auditório do Centro de Vigilância em Saúde, na Avenida dos Andradas, 523, Centro, às 10 horas. A exposição é um convite à empatia e ao entendimento das dificuldades experienciadas pelas pessoas que vivem e convivem com o HIV, principalmente no que diz respeito ao preconceito.

A exposição, inspirada em outra, realizada no Museu de Londres, intitulada “Put Yourself on my Shoes” (“Calce Meus Sapatos”), pretende que os visitantes coloquem-se no lugar de quem vive com HIV, a partir da mostra de vários relatos. O convite é “descalçar” os preconceitos e “calçar” novas histórias, em um exercício metafórico de calçar e descalçar sapatos.

No domingo (1), será realizado mutirão de testagem no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), na Avenida dos Andradas, 523, Centro. Os interessados em realizar o teste poderão comparecer das 8 às 16 horas. No mesmo dia haverá distribuição de material informativo e preservativos na feira livre da Avenida Brasil, das 08h:00 às 12h:00.

Na segunda-feira (2), acontecerá o “Convivendo”, promovido para as pessoas que vivem ou convivem com o HIV. Portanto, o convite é para os usuários, amigos ou familiares. As inscrições podem ser realizadas na coordenação do Departamento de DST/Aids, na farmácia, psicologia ou serviço social. O evento acontecerá no Auditório do Centro de Vigilância em Saúde, e terá início às 08h30.

Encerrando a programação, na terça (3), o 1º Ciclo de Capacitação do Departamento de DST/Aids, os profissionais da saúde refletirão sobre o tema. O evento acontecerá às 13h:00, no Auditório do Centro de Vigilância em Saúde. Os interessados podem inscrever-se através do formulário.

De acordo com o gerente do Departamento de DST/Aids, Oswaldo Alves, este é um momento de construir conversas e desconstruir preconceitos: “Essa discussão é fundamental, não somente no 1º de dezembro, que é o dia de luta. Mas de estar conversando com a população, no objetivo de diminuir o estigma e o preconceito, esclarecer a população que o HIV ainda é uma doença que não tem cura, daí a importância da prevenção”.

 

Fonte: Assessoria

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.