Polícia Rodoviária Federal faz balanço de operação no feriado

A Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais (PRF-MG) divulgou uma nota sobre o balanço geral da Operação Proclamação da República. Apesar de ter emitido comunicado para orientar os condutores de veículos nas estradas e também alertando sobre os riscos de chuva, a PRF registrou alto índice de letalidade nas estradas mineiras.

Segundo o comunicado, as causas para este índice foram a chuva do fim de semana e falha humana. Houve colisões frontais, capotamentos, atropelamentos, colisões com objeto fixo e saída de leito carroçável. Ao todo as estradas federais sob fiscalização da PRF em Minas Gerais tiveram 147 acidentes e 200 pessoas feridas. O feriado terminou com 22 mortos nas estradas. Em 2018, mesmo com um dia a mais, a Operação Proclamação da República registrou 123 acidentes com 199 feridos e nove mortos.

De acordo com as informações da nota divulgada pela PRF, o feriado de Proclamação da República foi o mais letal de 2019, registrando maior número de mortos em relação ao Carnaval. Naquela ocasião, a PRF confirmou morte de 9 pessoas, menos da metade do número registrado na Operação Proclamação da República.

Além dos índices de acidentes, a PRF aplicou um total de 492 multas por ultrapassagens proibidas e fiscalizou 12.633 veículos nas estradas. Quanto ao teste do bafômetro, foram feitas 5.084 testes, sendo que 91 motoristas foram autuados e 6 foram presos.

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.