Inter vence Cruzeiro e pega o Athletico-PR na final da Copa do Brasil

O Internacional está na grande decisão da Copa do Brasil de 2019. O Colorado recebeu o Cruzeiro nesta quarta-feira (4), no estádio Beira-Rio, e derrotou os mineiros mais uma vez – assim como no jogo de ida. Com dois gols de Paolo Guerrero e um de Edenílson, a equipe de Porto Alegre garantiu vaga na final para enfrentar o Athletico Paranaense, que eliminou o Grêmio, nos pênaltis, mais cedo.

As partidas da final acontecerão nos próximos dias 11 e 18 de setembro. Nesta quinta-feira (5), um sorteio decidirá os mandos de campo dos jogos.

 

O jogo

Precisando vencer, o Cruzeiro começou a partida de forma bem ofensiva. A primeira grande oportunidade aconteceu logo no primeiro minuto de jogo. Pedro Rocha recebeu pela direita, invadiu a área e bateu para grande defesa de Marcelo Lomba. David ainda pegou o rebote, mas finalizou pela linha de fundo.

O Inter não demorou muito para a dar a resposta. Mais precisamente, isso aconteceu aos cinco minutos de partida. Nico López aproveitou falha da defesa celeste e bateu de perna esquerda, mas a bola passou pelo lado do gol defendido por Fábio.

Aos 15 minutos, o zagueiro Victor Cuesta decidiu curtir uma de atacante e quase abriu o marcador no Beira-Rio. O jogador argentino limpou a marcação e bateu no ângulo, mas viu a bola passar raspando na trave do Cruzeiro e indo para fora.

O gol finalmente saiu aos 39 minutos. E foi dos donos da casa. Nico López recuperou a bola após saída errada de Dedé, abriu para D’Alessandro, que encontrou Paolo Guerrero no meio da pequena área. O atacante peruano nem precisou pular para mandar para o fundo das redes: 1 a 0 Inter e explosão da torcida colorada, que encheu o estádio.

Na volta dos vestiários, mesmo com a vantagem, o Inter permaneceu em cima. Querendo aumentar ainda mais a diferença, o Colorado teve logo duas grandes chances antes dos dez minutos. Primeiro, Patrick fez grande jogada e bateu forte, mas pelo lado de fora da rede. Logo em seguida, foi a vez de Nico López. O uruguaio recebeu de Guerrero e finalizou, mas Fábio foi buscar.

O Cruzeiro não conseguia penetrar na defesa gaúcha e via a missão ficar mais difícil a cada minuto que passava. O balde de água fria veio aos 24 minutos. Nico López recebeu dentro da área e tocou para Guerrero, que dominou no peito e mandou uma bomba, não dando chance ao goleiro Fábio. Um golaço. O segundo do Guerrero e segundo do Inter.

Com a classificação garantida, o Internacional já administrava o resultado. Mas, aos 44, ainda deu tempo para mais um golaço. Desta vez de Edenílson. Victor Cuesta lançou o meio-campista, que saiu livre de cara para o Fábio. O camisa 8 deu um belo toque de cobertura, fechando o placar: 3 a 0 e vaga na final da Copa do Brasil 2019. O Colorado busca conquistar o torneio pela segunda vez na história.

Fonte: CBF

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.