Câmara aprova moção de repúdio contra MP da Liberdade Econômica proposta pelo Governo Federal

Proposta pelo vereador Juraci Scheffer (PT), foi aprovada nesta quarta-feira, 21, uma moção de repúdio à Medida Provisória 881/19, denominada MP da Liberdade Econômica, que de acordo com o Governo Federal tem o intuito de desburocratizar a contratação de mão de obra e alavancar a economia. Durante a sessão, os vereadores Marlon Siqueira (MDB), Nilton Militão (PTC) e Sargento Mello Casal (PTB) se posicionaram contrários ao repúdio proposto.

Juraci justifica o repúdio porque entende que “a medida, na prática, é uma afronta aos direitos trabalhistas consagrados. Esta Medida Provisória na verdade só interessa exclusivamente ao poder econômico e à classe empresarial, colocando a classe trabalhadora refém da sua própria sorte, sem direito de escolha, sem liberdade e sem dignidade. Com isso, ou o trabalhador se submete às imposições da classe patronal ou fica sem emprego. E enfraquece drasticamente a autonomia sindical que atua de forma permanente em defesa dos trabalhadores. É sabido que o trabalhador sozinho não tem força e nem condição de lutar e sustentar seus direitos de forma isolada. A Moção será encaminhada para aos presidente da República Jair Messias Bolsonaro, da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM),  do Senado Davi Alcolumbre (DEM) e ao Ministro da Economia, Paulo Guedes entre outras autoridades.

Fonte: CMJF

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.