Settra realiza ação para conscientizar a população sobre educação no trânsito e respeito a vagas exclusivas

 

A Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) realizou uma ação promovendo a conscientização sobre vagas exclusivas de estacionamento nesta segunda-feira, 20, na rua Braz Bernardino, região central da cidade. Na ocasião, o lado direito da rua foi ocupado por portadores de necessidades especiais em cadeiras de rodas e andadores, além da colocação de hidrantes, táxis, caminhão do Corpo de Bombeiros e ônibus do Hemominas, representando ambulâncias.

A ação, realizada entre 8 e 12 horas, fez parte da programação do “Maio Amarelo” e teve como parceiros a Comissão Municipal de Segurança e Educação no Trânsito (Comset) e a Estapar Estacionamento, empresa que administra a área azul na cidade, e também contou com a participação do Centro de Apoio do Idoso e do Departamento de Defesa dos Direitos da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), do Hemominas, da organização não-governamental (ONG) Somar Brasil, do Sindicato dos Taxistas e do Corpo de Bombeiros.

“Nossa intenção é chamar atenção dos condutores, ocupando as vagas comuns com as diversas categorias que têm direito aos espaços regulamentados, fazendo o inverso do desrespeito que acontece no dia a dia. É alusão à utilização irregular de áreas reservadas aos portadores de necessidades especiais, idosos, táxis e ambulâncias, entre outros. O objetivo é conscientizar, mostrando aos motoristas o quanto incomoda quando o local destinado a você é ocupado por quem não tem direito”, esclareceu o secretário de Transporte e Trânsito da PJF, Eduardo Fácio. De acordo com dados da PJF, somente até maio deste ano, mais de 880 multas foram emitidas pela Settra na cidade, por estacionamento irregular em vagas destinadas exclusivamente a pessoas portadoras de necessidades especiais, idosos e táxis.

 

PENALIDADES

Estacionar em vagas reservadas às pessoas com deficiência ou idosos, sem credencial que comprove tal condição, é considerado infração gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro, rendendo 7 pontos na CNH, multa de R$ 293,47, além da remoção do veículo.

 

De acordo com dados da PJF, somente até maio deste ano, mais de 880 multas foram emitidas pela Settra na cidade, por estacionamento irregular em vagas destinadas exclusivamente a pessoas portadoras de necessidades especiais, idosos e táxis. Foto: Gil Velloso

“MAIO AMARELO”

As ações que fazem parte da programação da campanha do “Maio Amarelo 2019” continuam nessa terça-feira, 21, com palestra na Escola Municipal (E. M.) “George Rondebach”, no Bairro Grama, dentro das ações do projeto “Bem Comum”, e com a blitz educativa “Criança Também Ensina” na E. M. “Professora Marlene Bastos”, no Bom Jardim. Na próxima quinta-feira, 23, será promovido workshop interno para servidores da Settra, e no dia 29 o 10º Fórum Mineiro da Comset, no Centro de Formação do Professor, na Avenida Getúlio Vargas, 200, Centro.

Este ano, a temática do “Maio Amarelo” é “No trânsito, o sentido é a vida”.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.