Abrir o próprio negócio ou adquirir uma franquia?

Olá empreendedores e empreendedoras! Hoje faremos uma comparação entre franquia e negócio próprio.

O Brasil é o 4º maior país em número de franqueadores do mundo, e por aqui este mercado cresceu em média 8% ao ano nos últimos 5 anos. Neste mesmo período, a média do PIB Nacional foi de 0,58 %. Ou seja, o franchising teve um desempenho médio 14 vezes melhor em relação ao PIB!

Outro fato importante é a mortalidade de micro e pequenas empresas, que chega a 30% no primeiro ano contra 2% das franquias. Essa média sobe para 56% das empresas e 15% nas franquias que fecham as portas após 5 anos.

A grande desvantagem para quem opta por uma franquia são as obrigações, normas e padrões a seguir, coisas que nem todo mundo aceita, além dos pagamentos relativos ao uso da marca.

Como o setor de franchising alcança números tão positivos?

Uma franquia bem formatada, de um modelo já testado e aprovado, que possua bons processos, controles rígidos de estoque, vendas, compras e processos padronizados, está na direção do sucesso. Uma empresa pode ter tudo isso, a questão é que 99% das empresas simplesmente abrem as portas e pagam contas sem se preocupar com a administração.

Ao optar por adquirir uma franquia, há um grande conhecimento adquirido do negócio e do mercado, evitando assim os erros mais comuns cometidos por quem abre uma empresa com as próprias forças.

No entanto, ao abrir uma empresa com sua cultura e “modus operandi”, o controle sobre os processos e a operação fica toda sob as vistas do proprietário.

De toda forma, o planejamento estratégico, o plano e modelo de negócios assim como conhecer o mercado e ter habilidades de gestão são essenciais para que o seu negócio prospere e dê os resultados desejados.Não há o certo e errado, há opções.

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.