Governo do Japão rebate reportagem de jornal inglês e nega cancelamento das Olimpíadas

O Governo do Japão, negou nesta sexta-feira (22), qualquer informação referente a um possível cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Além disso, um porta-voz governamental rebateu a reportagem publicada pelo jornal inglês “The Times”, no qual informava sobre planos do governo de sediar os jogos na próxima janela aberta, que seria 2032.

Apesar de manter-se firme em receber as Olimpíadas, o Governo japonês diz que isso não traz tranquilidade à população, pois conforme uma pesquisa feita pela emissora NHK, revela que ⅓ da população apoia o cancelamento dos jogos, por conta da chegada de milhões de estrangeiros. O mesmo levantamento aponta que 31% dos entrevistados se declararam a favor de outro adiamento, enquanto apenas 27% disseram que as Olimpíadas devem acontecer conforme o programado.

Inclusive, na última semana, o Japão anunciou a ampliação do estado de emergência nas cidades de Osaka, Kyoto, Hyogo, Fukuoka, Aichi, Gifu e Tochigi, que ficam na área próxima a Tóquio. A medida foi tomada em meio ao aumento do número de casos por Coronavírus. Mesmo diante deste cenário, os organizadores dos jogos garantem que a data de abertura está mantida para 23 de julho.

Sobre a publicação feita pelo “The Times”, o vice-secretário-chefe de gabinete, Manabu Sakai, negou qualquer informação divulgada. O mesmo foi feito pelo chefe do Comitê Olímpico do Japão, Yasuhiro Yamashita, durante uma entrevista à Reuters. Além disso, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, negou cancelamento ou adiamento dos jogos e falou em processar o jornal inglês.

A referida informação publicada também foi rechaçada por um membro do comitê organizador dos Jogos Olímpicos, reforçando o total foco de seus parceiros, incluindo o governo e o Comitê Olímpico Internacional (COI), para garantir a realização do evento:

“É muito decepcionante ver que o The Times está trabalhando uma matéria tão ao estilo de um tabloide com uma fonte indigna de confiança. O governo nacional está totalmente comprometido a realizar Jogos seguros e protegidos, e sempre ficamos estimulados com suas dedicações”, disse a fonte.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.