Margarida Salomão vence a corrida eleitoral e se torna a primeira mulher a assumir a PJF

A candidata à Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Margarida Salomão (PT), venceu as Eleições 2020 e será a primeira mulher a ser prefeita do município. A partir de janeiro do próximo ano, ela será a sucessora de Antonio Almas (PSDB) e consequentemente, deixará o mandato de Deputada Federal

Segundo as apurações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), neste segundo turno, a petista venceu a corrida eleitoral, ao obter 144.529 votos válidos (54,98%). Seu concorrente, Wilson Rezato (PSB) obteve 118.349 (45,02%).

Além disso, com a vitória da coligação “Juiz de Fora vale à pena”, o vereador Kennedy Ribeiro (PV), assume o cargo de vice-prefeito. Neste ano, abriu mão da reeleição, para fazer parte de uma chapa majoritária.

Margarida já participou de três edições das Eleições. A primeira foi em 2008, mas foi derrotada pelo candidato Custódio Mattos. Voltou a disputar o pleito em 2012 e 2016, sendo que em ambos os anos, foi superada por Bruno Siqueira (MDB).

Antes da candidata, não houve ninguém filiado ao PT, que esteve perto de vencer as Eleições em Juiz de Fora. Entre os anos de 1988 e 2000, Jorge Lima de Souza, Paulo Delgado e Agostinho Valente, não conseguiram a quantidade de votos suficientes para vencer. Em 2004, o partido não lançou candidatura.

Dados do segundo turno

Conforme o TSE, o município registrou 119.497 abstenções. Este total é superior em comparação ao primeiro turno, com 113.983. Foram contabilizados 7.992 votos brancos e 19.972 nulos. Já na primeira etapa da corrida eleitoral, foram 12.532 votos brancos e 24.103 nulos, respectivamente.

Perfil da candidata

Nascida em Juiz de Fora, Margarida Salomão tem 70 anos de idade e é formada em Letras, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Além disso, possui mestrado em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado pela Universidade de Berkeley (EUA).

Foi reitora da própria UFJF entre 1998 e 2006. Além disso, foi secretária municipal de Administração e de Governo da Prefeitura de Juiz de Fora, entre 1983 e 1988. Em janeiro de 2013, iniciou seu primeiro mandato como Deputada Federal pelo PT, sendo reeleita em 2018 com 89.378 votos.

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.