Projeto “ABC do Patrimônio de Juiz de Fora” homenageia Mariano Procópio

O empresário e comendador Mariano Procópio (1821-1872) é o destaque na edição desta semana do projeto “ABC do Patrimônio de Juiz de Fora”. A iniciativa foi criada pelo designer e artista de “lettering” Leopoldo Lima. Através da tipografia, design, fotografia e a história da cidade, os juiz-foranos são convidados a redescobrir os detalhes que se revelam no acervo das obras de arte e do patrimônio histórico, arquitetônico, artístico e cultural, além de rememorar personagens que foram destaques na cultura da cidade. As publicações estão disponíveis no perfil do instagram (@letrasdoleo).

Mariano Procópio Ferreira Lage nasceu na Chácara do Matinho, em Barbacena, Minas Gerais, filho do capitão Mariano José Ferreira Armond e de dona Maria José de Sant`Ana. Casou-se em 1851 com Maria Amália Coelho de Castro, tendo vários filhos, como Elisa (morreu ainda muito jovem), Frederico e Alfredo, além de outros, que não chegaram à idade adulta. Herdando o capital político, simbólico e financeiro de sua família, Mariano se destacou na economia e política do segundo reinado brasileiro, sobretudo por conta da aproximação com a poderosa elite mercantil, frequentadora da Corte (Rio de Janeiro), e dos laços com a família imperial.

Responsável pela construção da Estrada União e Indústria, o engenheiro e empreendedor Mariano Procópio tinha bom relacionamento com o imperador Dom Pedro II, que aprovou o projeto de ligação entre as cidades da região e Petrópolis. A iniciativa garantiu a exploração comercial, por 50 anos, da estrada. Além disso, Mariano atuou em outras frentes, sendo considerado empresário influente, destacando-se entre as principais figuras da época.

Fonte: Assessoria

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.