RECRIAR E REUTILIZAR: UM NOVO CAMINHO PARA A MODA

Repensar a indústria da moda de maneira mais consciente e sustentável. Esse tem sido o movimento que diferentes marcas brasileiras têm incorporado em seus negócios. Um bom exemplo de como é possível pensar o ciclo de vida do produto com planejamento e consciência é a marca InsectaShoes, de sapatos e acessórios veganos. Em 2014, suas fundadoras uniram forças e resolveram transformar roupas de brechó em sapatos. À medida que o empreendimento foi crescendo, garrafas plásticas foram transformadas em tecido e borracha reciclada, em solado. A marca não abre mão do design, com calçados clássicos e atemporais. Tudo é pensado no modelo circular de negócio. As embalagens viram porta-livro e cachepot para plantas e os sapatos, após o uso, são recolhidos em troca de desconto para a compra de novos produtos.

Já a Malwee, conhecida no mercado por suas roupas confortáveis, trilha seu reposicionamento no caminho da sustentabilidade. Com sua nova linha chamada “Uma moda sem ponto final”, a marca aposta em qualidade e procura conscientizar o consumidor sobre a escolha de peças inteligentes, capazes de combinar com vários looks e que não se perdem em cada estação.  Também incentivam a reutilização através de troca e doação para que o produto viva novas histórias.

 

CLIQUE AQUI PARA LER A COLUNA COMPLETA

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.