Surfista Adriano de Souza, vai se aposentar após Circuito Mundial em 2021

Aos 33 anos de idade, o surfista Adriano de Souza, o “Mineirinho”, anunciou nessa quarta-feira (16), que irá se aposentar da modalidade, após o término do Circuito Mundial em 2021. Conforme um dos maiores surfistas do Brasil, a decisão foi tomada em meio à temporada cancelada do Tour por conta da pandemia do Covid-19.Adriano está na elite do esporte desde 2006 e a partir daí, obteve 7 vitórias e em 2015, passou a ser o número um do mundo, ao desbancar o tricampeão mundial Mick Fanning e vencer o Pipe Masters, no Havaí.

Em entrevista realizada no mesmo ano, o Mineirinho falou sobre o grande momento de estar no topo do ranking, “Desde o princípio eu sempre quis dar o meu máximo o tempo inteiro e, realmente, para estar ali no pelotão de cima, eu comecei a sentir que eu estava cada vez mais me afastando. Então achei o momento de dar tchau. Uma hora boa, sair pela porta da frente. Quero sair com o mesmo entusiasmo que cheguei”.

A despedida do brasileiro começará este ano, no berço do esporte, que é o Havaí. Por conta do cancelamento do Tour, a Liga Mundial de Surfe (WSL em inglês), antecipou o início da temporada para o mês de dezembro. Adriano fala sobre a disputa em solo havaiano:

“Se Deus quiser eu vou arrebentar no ano que vem e depois vou ficar de boa em 2022, em casa (risos)”.

Entretanto, desde 2018, o atleta brasileiro tem tido problemas com lesões no joelho e por conta disso, não tem tido condições fazer uma ano completo no Circuito Mundial. Mesmo assim conseguiu garantir uma vaga para a próxima temporada, uma vez que a WSL reserva duas vagas para surfistas lesionados.

Recuperado dos problemas físicos, Adriano de Souza esteve presente no evento na piscina de ondas artificiais, do americano Kelly Slater. O brasileiro é uma das atrações do evento “Onda do Bem”. A competição reunirá 15 surfistas profissionais e 10 celebridades surfistas.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.