PCMG soluciona dois casos de tentativa de homicídios ocorridos em Juiz de Fora

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), solucionou dois casos referentes a tentativas de homicídios, ocorridos no município de Juiz de Fora. três suspeitos já se encontram presos, permanecendo à disposição da Justiça. O primeiro caso ocorreu no dia 9 de abril, no Bairro Santos Dumont, onde a vítima, adolescente de 16 anos foi alvejada com disparos de arma de fogo, mas chegou a sobreviver.

Segundo o Titular da Delegacia Especializada de Homicídios, Delegado Rodrigo Rolli, um suspeito de 25 anos foi preso no início deste mês, “com o pedido de prisão temporária de 30 dias, solicitado pela Delegacia de Homicídio e decretado pelo Poder Judiciário. O inquérito policial está sendo remetido ao Poder Judiciário com o pedido de conversão da prisão temporária em prisão preventiva”.

Para o inspetor da Delegacia de Homicídios Anderson Gibi, “a motivação desse crime específico, estaria ligada diretamente ao tráfico de drogas, na região da Cidade Alta”.

O segundo caso ocorreu no dia 14 de setembro de 2019, no Bairro Vila Montanhesa e Grama. Onde duas vítimas, na época de 21 e 32 anos se encontravam na rua, quando um veículo ocupado por três indivíduos, estes já identificados pela Delegacia de Homicídios e pela equipe de investigadores, passa pelas vítimas e efetuam vários disparos, entretanto elas não foram atingidas.

Conforme Rodrigo Rolli, a Delegacia de Homicídios representou pela prisão preventiva dos três indivíduos, de 23, 24 e 27 anos, sendo que “foram cumpridos mandados de prisões preventivas no meio deste mês, com relação aos autores de 23 e 24 anos de idade. O autor de 27 anos se encontra foragido”.

A autoridade policial diz que estão sendo feitas negociações para que seja feita a representação do suspeito foragido, junto ao seu advogado.

De acordo com o inspetor Anderson Gibi, o pano de fundo para a ocorrência teria sido o tráfico de drogas “É uma rixa entre grupos rivais, que disputam um ponto específico de drogas, na divisa dos Bairros Grama e Vila Montanhesa, desde 2016, que resultou também em outra tentativa de homicídio, ocorrida em um bloco, na sexta-feira (21 de fevereiro) de Carnaval, no município de Juiz de Fora”, concluiu.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.