Movimento Olímpico recebe apoio financeiro de 100 milhões de dólares do COI

Desde o início da pandemia do Coronavírus, o Comitê Olímpico Internacional (COI), já enviou um total de 100 milhões de dólares (R$ 536 milhões), destinados para o Movimento Olímpico. Ao todo, US$ 63 milhões (R$ 337,7 milhões) foram alocados aos FIs (Federações Internacionais)  e US$ 37 milhões (R$ 198,3 milhões) aos CONs (Comitês Olímpicos Nacionais).

Devido à crise ocasionada pelo Covid-19 e também pelos cancelamentos de principais eventos esportivos, entre eles os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio ambos adiados para 2021, os pagamentos às FIs começaram em junho de 2020 e o programa ainda continua. O apoio do COI vem de diferentes formas e é decidido após uma avaliação das necessidades e caso a caso.

Dentre as Federações Internacionais, que receberam empréstimo do COI, estão: Federação Internacional de Basquete, Federação Internacional de Golfe, Federação Internacional de Ginástica, Federação Internacional de Hóquei, Federação Internacional de Judô, União Internacional de Pentatlo Moderno, Federação Internacional de Natação, Federação Internacional de Tênis, Union Cycliste Internationale, Arco e flecha mundial, Atletismo mundial, Remo mundial, Rugby mundial, Mundo Vela e Mundo Taekwondo.

Já os órgãos que não fazem parte da distribuição de receitas dos jogos, mas que receberam doações por parte do COI, estão listadas: Federação Internacional de Escalada Esportiva, Associação Internacional de Surf, Confederação Mundial de Softbol de Beisebol, Federação Mundial de Karatê e World Skate.

O presidente do COI, Thomas Bach, disse: “O Movimento Olímpico está enfrentando um desafio sem precedentes. O COI deve organizar os Jogos Olímpicos adiados pela primeira vez na história e ajudar as partes interessadas a passar por essa crise global. Esta nova situação precisará de toda a nossa solidariedade, criatividade, determinação e flexibilidade. Todos nós precisamos fazer sacrifícios e compromissos. Circunstâncias extraordinárias exigem medidas extraordinárias. Essa situação exige que cada um de nós faça sua parte, e isso se aplica a todos nós, incluindo o COI. Estamos felizes em poder ajudar com nossos programas de suporte”.

Outros programas do COI

Todos os programas e orçamentos 2017-2020 com um link direto para a preparação e participação dos Jogos Olímpicos serão estendidos aos Jogos Olímpicos em 2021. Isso inclui:

– Bolsas olímpicas de Tóquio 2020 para atletas

O suporte a mais de 1.600 atletas atualmente beneficiados com uma bolsa olímpica de Tóquio 2020 continuará sem interrupção até agosto de 2021 por um custo total de US $ 15 milhões, sujeito às diretrizes do programa. 

– Subvenções de apoio à equipe

Suporte adicional pode ser solicitado para as equipes que se beneficiam atualmente deste programa que se qualificaram ou ainda podem se qualificar para os Jogos em Tóquio através da participação em competições específicas.

– Apoio ao atleta refugiado

O apoio aos bolsistas dos atletas refugiados continuará sem interrupção até agosto de 2021, de acordo com as diretrizes do programa.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.