PSOL e PCdoB darão apoio à Margarida Salomão no segundo turno

O PSOL e PCdoB, anunciaram que vão apoiar a candidata Margarida Salomão (PT), no segundo turno das Eleições 2020 em Juiz de Fora. Até então, os dois partidos são os primeiros a formalizar aliança com o projeto de campanha da Margarida, na corrida para à Prefeitura. 

A formalização do apoio foi divulgada pela então candidata no primeiro turno, Lorene Figueiredo, em suas redes sociais, “Na defesa da vida e da cidade, preservando a independência política e autonomia do PSOL, apoiaremos a candidatura da professora Margarida Salomão pelo PT e chamamos a todas e todos que, como nós, trabalham, lutam e sonham, a fim de travarmos mais essa importante batalha. No compasso desse diálogo, realizamos uma reunião com a candidata e apresentamos pontos de nosso programa que são indispensáveis para a cidade. As pautas de defesa da democracia, da justiça social, de valorização dos serviços públicos de educação e saúde, da cultura local e popular, o combate às opressões e o respeito aos movimentos da classe trabalhadora, temas caros a nós, foram acolhidos pela candidata”. 

No primeiro turno, Lorene foi a sétima mais votada pela população juiz-forana, com 2.381 votos válidos (0,92%). Ela relata que após fazer análises de conjuntura, antes da apuração dos votos, o PSOL já havia decidido apoiar Margarida Salomão. Na visão do presidente da sigla no município, diz que a prioridade é o enfrentamento à extrema-direita.

Além disso, Lorene explica que não foi difícil aliar ao PT, uma vez que a campanha de Wilson Rezato (PSB), é avaliado “extremismo absurdo do ponto de vista dos interesses do capital. É uma candidatura cujo plano de governo não fica de pé quando pensamos em termos de gestão de políticas públicas. É um projeto extremamente agressivo do ponto de vista dos interesses coletivos”.

Apoio do PCdoB

Na terça-feira (17), o PCdoB publicou em suas redes sociais, que também irá apoiar a candidatura de Margarida Salomão, neste segundo turno das Eleições. Em comunicado oficial, o partido comunista explica que, “Ao analisar o processo eleitoral de segundo turno, não resta dúvida de que estamos diante de dois projetos antagônicos. Assim, visando a transformação do que tem sido o quadro nacional do país, definimos o apoio ao projeto que mais se aproxima daquele apresentado por nós para Juiz de Fora”. 

A sigla, liderado pelo candidato Fernando Eliotério, teve pela primeira vez, um candidato para prefeito e vice-prefeito. No primeiro turno da corrida eleitoral, Fernando obteve 1.807 votos válidos (0,70%).

Ao falar sobre apoiar a candidatura de Margarida, ele diz que “Fomos procurados logo após a eleição e em um diálogo muito aberto, identificamos que o nosso programa se aproxima bastante ao da Margarida. Além disso, nós do partido, entendemos que precisamos reforçar o campo da esquerda, ou seja, de quem pensa a cidade para todos e todas”.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.