Comitê Covid-19 aprova avanço de Juiz de Fora para a ‘Onda Verde’ do Programa Minas Consciente

O Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19, se reuniu na noite de quinta-feira (15) e os membros da equipe, junto com o prefeito Antônio Almas (PSDB), aprovaram o avanço de Juiz de Fora para a ‘Onda Verde’ do Programa Minas Consciente. Esta fase é a menos restritiva e estará em vigor a partir da próxima quarta-feira (21).

Segundo informações da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), a decisão foi tomada tendo em vista a redução do número de mortes por Coronavírus, nos últimos dias. Conforme os dados do Executivo, houve queda de 21% dos óbitos. Na última semana a média de novos registros foi de 29 por dia e na retrasada a taxa foi de 36.

Mesmo diante da diminuição dos índices, a Administração diz que serão abertos mais 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS) no Hospital Ana Nery. No geral, são 183 leitos na rede pública.

Apesar do avanço de fase, Antônio Almas, junto com os integrantes do Comitê, reforça que a pandemia não acabou e que a população deve seguir as medidas de prevenção à  doença:

“É importante frisar que avançar não quer dizer que a pandemia acabou. O indivíduo tem que ter seu compromisso com o coletivo. A única arma que ainda temos é continuar educando a população para o ´novo normal`, ou seja, fazendo o uso de máscara, a higienização correta das mãos e manter o distanciamento social. Se os casos voltarem a subir com a flexibilização, não teremos pudor algum de dar um passo atrás”, enfatiza o prefeito.

As novas regras de fiscalização pelo Poder Público serão avaliadas pelos próximos dias e posteriormente vão ser publicadas em novo Decreto Municipal.

Onda verde

Esta fase do Minas Consciente abrange serviços não essenciais e que são de alto risco de contágio. São eles:

– Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo;

– Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos;

– Parques, zoológicos e jardins;

– Feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê;

– Parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca;

– Bares com entretenimento (shows e espetáculos);

– Serviços de colocação de piercings e tatuagens.

Mudanças no horário dos shopping

O colegiado decretou também a alteração no horário de funcionamento dos shoppings no município. Foi definido que os estabelecimentos poderão abrir a partir das 11h e fecharão às 23h00, de segunda a sexta-feira. Nos fins de semana será das 10h às 22h00. A mudança foi avaliada após o Governo de Minas autorizar a ampliação dos locais. 

Possível volta das escolas

Diante do avanço para a ‘Onda Verde’, a Prefeitura poderá autorizar o retorno das escolas em todo o município. Porém, será feita uma comissão para debater sobre o assunto, paralelamente ao Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino da Região Sudeste de Minas Gerais (Sinepe). A situação das escolas será discutida em reunião a ser realizada na próxima quinta-feira (22).

Aglomeração

Outro ponto analisado pelo Comitê, foi sobre a questão da concentração de pessoas, cuja limitação será feita através de metragem. Em eventos abertos, a medida será manter o distanciamento de 4 m² e nos locais fechados, a distância obrigatória é de 10 m².

Todavia, essa mudança não será válida apenas para eventos vinculados necessariamente às autorizações municipais, apenas para cursos, reuniões e outros. Diante disso, todo evento que acomoda grande aglomeração, precisará do alvará e a limitação permanece para 30 pessoas.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.