Instrutores e praticantes de capoeira têm cadastramento nacional

A capoeira, que junta a luta e o jogo à cultura popular, é “Patrimônio Cultural do Brasil” desde 2008, e, com o objetivo de mapear os praticantes da atividade, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lançou o Cadastro Nacional da Capoeira. Mestres, mestras, professores, professoras e demais praticantes devem acessar o link capoeira.gov.br/register, para preencher o cadastro. De caráter permanente, a ação é coordenada no estado pela Superintendência do Iphan em Minas Gerais e pelo Coletivo da Salvaguarda da Capoeira de Minas. Em Juiz de Fora, tem apoio da Fundação Cultural “Alfredo Ferreira Lage” (Funalfa). A expectativa é de que os dados recolhidos ajudem a ampliar o contato entre os adeptos, além de dar voz às suas memórias e aos seus conhecimentos.

Coordenador de capoeira no Programa “Gente em Primeiro Lugar”, mestre Cuité afirmou que o cadastro será “retrato” da atividade: “Saberemos em quantos municípios a capoeira é praticada, quantas rodas acontecem. A partir desse levantamento, surgirão políticas públicas mais adequadas, ouvindo os capoeiristas e conhecendo suas demandas”. Cuité destacou, também, a importância de o Iphan visualizar os dados mineiros com relação à capoeira.

O levantamento é nacional, mas cada Estado e município tem suas características. Em Juiz de Fora, por exemplo, a capoeira tem muita tradição. Segundo Cuité, “o poder público municipal poderá visualizar como as coisas acontecem por aqui. Há possibilidade de estabelecer políticas públicas específicas, porque a capoeira é muito diversa e dificilmente consegue-se uma política
nacional capaz de atender a todos”.

O mestre destacou, ainda, ser imprescindível que o Cadastro Nacional de Capoeira seja amplamente divulgado, para que o levantamento seja o mais completo possível, fortalecendo a integração de informações. Por isso, o e-mail pci.mg@iphan.gov.br está disponível, não somente para tirar dúvidas sobre como preencher o registro, mas também para sugestões de contatos e canais de difusão, aos quais a ação possa interessar.

Fonte: Assessoria

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.