Guarda Municipal e Polícia Militar flagram uso irregular da represa

A Guarda Municipal (GM), juntamente com a Polícia Militar (PM), atendeu ocorrência de presença de pessoas nas margens da Represa “Dr. João Penido”, zona norte. O fato foi registrado no domingo, 13, quando o vigia constatou a invasão. As equipes estiveram no local e verificaram a presença de dezenas de pessoas que se utilizavam da beira do lago, para atividades de lazer, com barracas e churrasqueiras acesas. Para chegar até à margem, os invasores romperam cerca de arame farpado e caminharam por longo trecho de vegetação. Todos foram orientados sobre a proibição de acessar a área, sob responsabilidade da Companhia de Saneamento Municipal (Cesama). As atividades ali realizadas foram então encerradas e todos se retiraram do local.

Definida como Área de Proteção Permanente (APP), a represa tem distância de cem metros do espelho d´água protegida por legislação ambiental. Além de acesso proibido ao público, o local tem série de restrições, a fim de preservar a qualidade da água destinada ao abastecimento e consumo humano. A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) alerta sobre a infração cometida por quem invade área pública, pratica dano ao patrimônio, polui e ainda coloca em risco de incêndio área de proteção ambiental, ao acender fogo para realização de churrasco. A pessoa pode ser conduzida à autoridade policial para as providências cabíveis e responder pelos crimes cometidos.

Fonte: Assessoria

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.