Suspeito por se passar por Policial Civil é preso em Juiz de Fora

Um homem de 32 anos, foi preso pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) em um posto de gasolina em Juiz de Fora, o qual era suspeito por se passar por policial civil. Ele foi abordado por uma equipe da 1ª Delegacia, em um posto de combustíveis, localizado na Rua Padre Café, onde estava com duas vítimas. Também foi apreendido um simulacro de arma de fogo.

De acordo com o Delegado Luciano Vidal, investigações apontam que ele estaria extorquindo um idoso, de 66 anos, e a noiva dele, 50 anos, apresentando-se como policial civil, em razão de um acidente de trânsito ocorrido no dia 8 de julho.  “Ocorreu esse acidente na Avenida Deusdedith Salgado envolvendo o idoso, que conduzia um veículo Volkswagen Gol, e o suspeito, que estava pilotando a motocicleta dele. Na época, o investigado caiu da moto e, ao se levantar, já foi ameaçando as vítimas com uma arma e se identificando como policial civil. Depois, ele teria entrado em contato com o idoso, informando que o conserto da moto ficaria em R$9 mil, mas a vítima havia explicado que não tinha dinheiro para efetuar o pagamento da quantia. A partir disso, ele começou a fazer ameaças”, contou, complementando que o homem também passou a exigir que o pagamento fosse feito com o veículo da vítima, como forma de ressarcir os danos causados. 

Segundo informações, o autor era conhecido no meio policial, por envolvimento em crime de furto. Ainda conforme o Delegado, o homem foi conduzido até a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde teve o flagrante ratificado pelos crimes de tentativa de extorsão e de falsa identidade. Ele foi encaminhado ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.