CPI do Acidente com a Chapecoense ouve sócio da companhia aérea LaMia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Acidente com a Chapecoense ouvirá nesta quinta-feira (12), a partir das 9h, o empresário venezuelano Ricardo Albacete, um dos sócios da LaMia, empresa que operava o voo da equipe catarinense.

Albacete é um dos dois nomes apontados como sócios ocultos da LaMia. O sócio oculto, chamado no Brasil de sócio participativo, é uma figura jurídica definida no Código Civil (Lei 10.406, de 2002) que participa da constituição de empresas com patrimônio e gestão, mas não assume responsabilidades perante terceiros.

O convite a Albacete foi feito pelo relator da comissão, senador Izalci Lucas (PSDB-DF), em seu plano de trabalho. Também foram convidados a venezuelana Loredana Albacete, outra sócia oculta, e o boliviano Marcos Rocha Venegas, sócio proprietário da LaMia. Porém, eles não participarão da audiência de quinta-feira.

A CPI da Chapecoense trata da situação dos familiares das vítimas do acidente com a Associação Chapecoense de Futebol, em 2016. O avião que transportava jogadores, comissão técnica e convidados para a final da Copa Sul-Americana, em Medellín, na Colômbia, sofreu uma pane por falta de combustível e caiu em uma área de floresta nas imediações da cidade. Das 77 pessoas a bordo, 71 morreram.

 

Fonte: Agência Senado

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.