Secretaria de Saúde inicia primeiro levantamento de infestação do Aedes aegypti em 2020

A Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), iniciou nessa semana o primeiro Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (Liraa) para medir o nível de infestação do Aedes aegypti. Toda apuração do Índice de Infestação Predial (IIP) será feita com trabalho dos agentes de combate a endemias e os serviços irão direcionar ações de combate ao vetor nos bairros com maior número de focos. As amostras colhidas no levantamento serão levadas para o laboratório, aonde serão feitas análises para revelar se os materiais encontrados possuem vetores de Dengue, Zika e Chikungunya.

Ao todo haverá 15 equipes de trabalho para colher as amostras e visitarão 5.593 imóveis de um total de 224 bairros em Juiz de Fora. Os agentes estarão sempre uniformizados e com crachá de identificação da PJF, das 08h00 às 14h00, no período do Liraa.

No último levantamento, aproximadamente 98% dos focos foram encontrados dentro das residências, em quintais, vasos e plantas aquáticas, calhas, ralos, caixas d`água e terrenos com lixo e entulhos. Os locais de foco apontam que a vigilância da população deve ser redobrada, para o combate ao mosquito.

 

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.