Polícia Civil esclarece sobre três casos de homicídios em Juiz de Fora

A Polícia Civil de Minas Gerais fez explicações sobre os três casos de homicídios consumados, todos ocorridos em novembro de 2019 em Juiz de Fora. O andamento das investigações resultaram na prisão de três pessoas, que se encontram à disposição da Justiça.

 

Segundo o Titular da Delegacia Especializada de Homicídios, Delegado Rodrigo Rolli, no dia 8 de novembro, no Bairro Sagrado Coração, “um jovem de 20 anos foi atingido por disparos de arma de fogo em via pública.  Após apurações, dois investigados, de 22 e 20 anos, foram identificados. O suspeito mais velho já se encontra no sistema prisional e o outro homem está foragido da Justiça. O crime teria ocorrido em virtude de uma rixa entre bairros”.

 

No dia 10 de novembro, a PCMG apurou o caso sobre a morte de um jovem de 18 anos, no Bairro Cerâmica. Segundo o Delegado, “um investigado de 18 anos se encontra preso . Também já foi encaminhado à Justiça o pedido de acautelamento de um adolescente de 17 anos. A motivação do crime estaria ligada a um desentendimento momentâneo entre vítima e investigados”.

 

Além dos dois casos, também foi investigado o homicídio consumado de um homem de 57 anos, no dia 11 de novembro. Na ocasião, a vítima foi morta no Bairro Jardim Natal e as apurações apontam que o crime teria sido cometido devido a um desentendimento familiar. Segundo a autoridade policial, um jovem de 18 anos se encontra preso, à disposição da Justiça.

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.