Funcionários relatam alarmante falta de medicamentos na UBS Santa Luzia em visita do Fiscaliza JF

O Fiscaliza JF esteve na tarde desta terça-feira, 08, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Santa Luzia, zona Sul da cidade. A gerente da unidade, Fátima Paula, contou durante a visita que a infraestrutura da farmácia atenderia cerca de 2 mil pessoas, e hoje a UBS é referência para cerca de 20 mil moradores da região. No total, cinco equipes trabalham com a Estratégia de Saúde da Família, porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS). Estiveram presentes na visita os vereadores José Fiorilo (PTC) e Luiz Otávio Fernandes Coelho – Pardal (PTC).

Fátima explicou que cada equipe de Saúde da Família é composta por um médico, um enfermeiro, um farmacêutico e um técnico de enfermagem. No total são 18 agentes de saúde fazendo o trabalho da ESF. A unidade conta também com serviços de odontologia e atendendo todos os dias, e serviços ambulatoriais, vacinas, coleta de sangue para exames laboratoriais, teste do pezinho, entre outros.

Foram observados alguns problemas na infraestrutura do prédio, como infiltrações que acabam gerando mofo, fora a carência de um almoxarifado, que poderia inclusive armazenar remédios e outros insumos, como fitas e aparelhos para tratamento de diabetes. “Já solicitamos mas pedem que a gente aguarde mais um pouco” explica a gerente da UBS.

O presidente da Câmara tem acompanhado as visitas às UBSs e ressalta que um dos papéis do Legislativo é o de fiscalizar a infraestrutura e os serviços oferecidos pelo Executivo. Nesse sentido, o Fiscaliza JF elabora um relatório que a Câmara envia à Prefeitura em forma de Pedido de Informação, que fica disponível no site com todas as informações da visita.

“Os responsáveis nos relataram aqui alguns problemas que precisam da atenção do Executivo. Parece que já tem um projeto de algum tempo atrás para que possa ser feita a ampliação aqui dessa unidade, para que possibilite que os usuários tenham um pouco mais de comodidade aqui, assim como os profissionais que aqui trabalham”, observou Pardal, ressaltando o empenho da equipe da UBS para oferecer um bom atendimento. “Se fosse eu um usuário daqui, me sentiria muito satisfeito e honrado, porque a gente observa o carinho e o respeito que os profissionais têm com quem vem aqui buscar atendimento (…) nesse sentido é fundamental esse projeto para ampliação” finalizou o presidente da Casa.

O vereador Dr. Fiorilo, teve acesso à lista de medicamentos escassos na Unidade e observou que a defasagem atinge fármacos básicos, como os que tratam hipertensão, bronquite e asma, e até mesmo soro fisiológico. “São remédios da Relação Municipal de Medicamentos (Remume), coisas básicas e que estão faltando aqui, (…) estou com a lista, enorme, e vou levar para o secretário de saúde, talvez até para o prefeito, que são coisas básicas e a população não tem acesso a esses medicamentos”, observou, salientando que o problema da infraestrutura também é grave, para uma unidade referência para 20 mil pessoas. “Essa UBS precisa ser ampliada, não podemos ficar com puxadinhos, fazendo um cômodo aqui, outro ali” finalizou o vereador.

 

Fonte: CMJF

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.