Comissão do Idoso decide por uma grande festa de Natal para idosos em JF

Uma grande festa para a confraternização de Natal dos Idosos. Esta foi uma das decisões tomadas, com votação unânime, durante a reunião mensal da Comissão de Defesa dos Direitos dos Idosos. A coleta tradicional de presentes para os idosos em Instituições de Longa  Permanência para Idosos (ILPis) continua, afirma o presidente da Comissão dos Idosos, Kennedy Ribeiro (MDB). De acordo com ele, a proposta da festa é inovar nas comemorações do Natal. “Esperamos até 800 idosos das instituições da cidade. E uma reunião extraordinária será marcada para discutirmos em grupo o escopo da festa e entendemos as ações da Comissão, e a festa inclusive, como ação de política pública”.

Além da festa, outras demandas foram apresentadas: obrigatoriedade e gratuidade do RG, espaços reduzidos para idosos na parte dianteira ônibus, poucos assentos reservados e dificuldades para passar pela roleta. Representantes de várias entidades reclamam, ainda, de que sejam tomadas soluções com base no relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos ônibus realizada pela Câmara. Outro aspecto ressaltado foi a criação da Ouvidoria do Idoso, para o conhecimento das demandas e problemas dos idosos em Juiz de Fora. De acordo com Kennedy, a ouvidoria é uma questão já andamento e que já foi levada em plenário. Sobre a CPI, o vereador Vagner Oliveira (PSC), membro da Comissão, destacou que o relatório seguiu os trâmites legais e está no Poder Executivo para análise.

Quanto à obrigatoriedade do RG, durante o encontro foi apontado que várias entidades, entre elas as agência bancárias, contrariam a lei e exigem a renovação da carteira de RG. “A renovação pela lei é aconselhável e não obrigatória. Além disso, há a preocupação com os custos da renovação, já que nem todos têm a gratuidade garantida”, apontou o presidente da associação de aposentados e pensionistas, Antônio Amaral. Os vereadores esclareceram que a Comissão vai averiguar para entender a dinâmica das instituições que estão exigindo e que, assim, terão mais condições de apresentar melhor a situação na Comissão.

Um dos assuntos também discutido na reunião são as condições de idosos com alzheimer e as dificuldades enfrentadas. Para isso, foi proposta e votada a realização de uma Tribuna Livre, com um convite à participação do especialista em neuropsiquiatria geriátrica, Dr. Sérgio Fonseca, para discutir a questão do Alzheimer tanto para tratamento, conscientização e prevenção. A próxima reunião da Comissão de Defesa dos Direitos dos Idosos acontece no dia 12 de outubro, na Sala Asa Delta, na sede do Legislativo. Fazem parte também da Comissão os vereadores João Coteca (PR) e Juraci Scheffer (PT).

Fonte: CMJF

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.