Alunos irão à Assembleia Legislativa para representar Juiz de Fora

Estudantes do Ensino Médio de 94 municípios irão participar da etapa estadual do projeto Parlamento Jovem (PJ). Os dois alunos que irão representar a Câmara de Juiz de Fora receberam orientações sobre a viagem para Belo Horizonte nesta segunda-feira, 16. O evento, sediado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), acontece entre os dias 18 e 20 de setembro.

Juiz de Fora, que participa do projeto desde 2010, pertence ao Polo Regional Zona da Mata II junto com as cidades de Lima Duarte e Santos Dumont. Ao todo, a região irá enviar seis representantes, que devem defender as propostas aprovadas na Plenária Regional. Este ano, o PJ solicitou que os estudantes elaborassem propostas para combater a discriminação étnico-racial.

Em reunião com os representantes de Juiz de Fora, o coordenador do PJ no Polo Regional, Sérgio Dutra, explicou a programação da etapa estadual. “Na quarta-feira, depois de deixar as bagagens no hotel, acontece o credenciamento na Assembleia e em seguida, um momento de entrosamento entre os estudantes de todas as cidades”, diz. Já na quinta-feira, 19, é decidido qual será o tema para a edição 2020 do PJ. O tema sugerido pelos estudantes do Polo Regional será LGBTQ+Fobia.

Além disso, na quinta-feira os alunos já começam as discussões sobre as propostas. “Eles são divididos em grupos de trabalho, separados em três subtemas para facilitar a comunicação: desigualdade socioeconômica; violência por motivos étnico-raciais; e direito à identidade e diversidade cultural. Nos grupos de trabalho eles podem modificar, juntar ou até excluir as propostas”, explica Sérgio.

As propostas modificadas serão submetidas à votação na Plenária Estadual, na sexta-feira, 20. Os projetos que foram aprovados serão encaminhados à Comissão de Participação Popular da ALMG e podem tramitar na Câmara de Deputados como projetos de lei. Para acompanhar a Plenária Regional, alunos que participaram da etapa regional do PJ irão embarcar para Belo Horizonte no dia do evento.

Em Juiz de Fora, estão participando do projeto cinco instituições de ensino:  os colégios Jesuítas, Nossa Senhora do Carmo e Tiradentes; e as escolas estaduais Dilermando Costa Cruz e Henrique Burnier.

Conhecendo as propostas 

Com o intuito de familiarizar os estudantes com as propostas que serão discutidas na Plenária Estadual, a Câmara de Juiz de Fora realizou um encontro na última sexta-feira, 13, no Colégio Tiradentes. Cerca de 50 estudantes estiveram presentes e tiveram a oportunidade de analisar as propostas aprovadas nos 16 polos regionais.

O estudante João Victor, do Colégio do Carmo, irá representar Juiz de Fora na etapa estadual e conta que o Encontro foi importante. “Foi muito bom para ter um primeiro contato com as propostas que serão debatidas e para já pensar em argumentos. além de ouvir a sugestão dos outros estudantes que participaram”, ressalta.

Na Plenária Regional, em Juiz de Fora, foram aprovadas propostas como a criação de um projeto que forneça aulas extras para alunos de baixa renda que desejam fazer vestibular; a obrigatoriedade de contratar psicólogos que atuem nas escolas com alunos vítimas de bullying e cyberbullying; e a criação de feiras que promovam eventos de valorização da história e cultura de minorias étnico-raciais.

Fonte: CMJF

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.