Defesa Civil faz planejamento estratégico para ações a curto, médio e longo prazo

A Defesa Civil de Juiz de Fora elaborou um plano de ação onde define metas, prazos e orçamento para ações a serem implementadas a curto, médio e longo prazo, em três níveis: estratégico, tático e operacional. A iniciativa será apresentada ao prefeito Antônio Almas.

A ideia foi proposta pelo secretário de Segurança Pública e Cidadania, José Sóter de Figueirôa, baseada no método “Swot”, sigla em inglês para “forças” (strengths), “fraquezas” (weakness), “oportunidades” (opportunities) e “ameaças” (threats).

De acordo com o subsecretário da Defesa Civil, Jefferson Rodrigues, o planejamento estratégico auxilia no trabalho interno e externo do órgão, além de elencar responsabilidades: “Uma das metas essenciais é a reestruturação da Defesa Civil, e um dos principais pontos é a designação do responsável para cada ponto do plano, pois a pessoa fica focada naquele assunto, e todos ficam ativos no processo, integrando ainda mais a equipe. Semanalmente analisamos as metas e os próximos passos a serem dados”, disse através da assessoria.

Conforme as informações, 29 metas foram estabelecidas, como a captação de recursos para a Defesa Civil, que podem viabilizar a instalação, ampliação e divulgação do sistema de alerta e alarme, para monitorização das situações de risco, formalização de convênios e parcerias com instituições de ensino superior e elaboração e atualização do Plano de Contingência, de acordo com a classificação geral dos desastres, entre outras.

Sobre esta última meta aconteceu, na terça-feira, 3, a primeira reunião, antes do próximo período chuvoso (outubro a março), com os representantes do Sistema Municipal de Contingência, composto por representantes de todas as secretarias da administração municipal direta e indireta e de órgãos parceiros ligados à resposta ao desastre, como Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O encontro teve como objetivo alinhar a responsabilidade de cada um na resposta ao desastre.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.