Balanço da PRF da Operação Semana Santa 2019 aponta queda no número de acidentes e feridos nas rodovias mineiras

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerra a Operação Semana Santa 2019 com queda no número de acidentes e feridos em Minas Gerais (MG).  Conforme o balanço apresentando pela PRF, houve uma redução de 13% no número de acidentes em relação ao feriado do ano anterior.

A operação ocorreu entre os dias 18 e 21 de abril. Ao todo, foram contabilizados 88 acidentes este ano, contra 101 em 2018. Além disso, também houve queda no número de feridos, que em 2019 registrou 104 feridos, enquanto em 2018 o total foi 138. Nestes quatro dias de operação, ocorreram seis mortes, sendo duas a mais do no último ano.

Durante o feriado da Semana Santa, neste período os agentes reforçaram os trechos estratégicos nas BRs, dando prioridade para ações preventivas para redução da violência no trânsito para obter a redução nos índices de letalidade nas rodovias federais. Conforme a PRF, o trabalho desenvolvido durante a operação teve como foco a prevenção e diminuição da gravidade de acidentes e o combate às infrações de trânsito, em especial às condutas geradoras de acidentes, sendo elas o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas, não manter a distância de segurança e transitar pelo acostamento.

A infração mais flagrada pelos 22 radares portáteis da PRF foi o excesso de velocidade, com 8.371 registros. Os agentes flagraram e autuaram 398 motoristas realizando ultrapassagens proibidas. Além disso, também foram realizados 3.453 testes de alcoolemia (etilômetro). No total, 57 condutores foram autuados por embriaguez ao volante e quatro foram detidos por apresentarem índices que configuram crime de trânsito. Ao todo, 8.459 veículos foram fiscalizados pela PRF durante os quatro dias da Operação Semana Santa 2019.

Foto: Divulgação PRF

No país, a operação também chega ao fim com o menor número de acidentes, acidentes graves e pessoas mortas dos últimos 12 anos nas rodovias brasileiras. De acordo com os dados da PRF, os quatro dias de operação resultaram no registro de 759 acidentes deixando 962 feridos e 50 mortos.

Ainda segundo os dados, 105.245 pessoas e 109.324 veículos foram fiscalizados pelos agentes durante os quatro dias de operação, resultando em 35.077 autuações. Ultrapassagem irregular e excesso de velocidade foram as infrações mais registradas, assim como nos últimos feriados. Ao todo, foram 4.665 ultrapassagens indevidas e 75.800 imagens capturadas pelos radares fotográficos por excesso de velocidade. Também foram autuados 980 condutores por alcoolemia, 26% a mais que em 2018. Ainda conforte o balanço, o número de crianças sendo transportadas em desacordo com a legislação também subiu 9%, sendo 512 flagrantes deste ano contra 470 no ano anterior.

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.