Cresça e permaneça – 4ª parte

Olá você que empreende! Você tem algumas opções de melhorar o seu negócio, de crescer e permanecer. Basta querer. Reflita bem, porque seu negócio vai depender da sua vontade de mudar. Pois o mercado já mudou, ou você se dá conta e vai nessa onda ou fica para trás.

 

Quando retornei a Juiz de Fora, há quase 10 anos, me levaram em um bar, com a promessa de ser o melhor bar que eu já havia visto. Desafio aceito. Não direi o nome, pois é muito famoso! Pois bem, após uns 15 minutos o garçom colocou um engradado na calçada para que ali colocássemos a cerveja, copos e uma porção do seu mais famoso prato. Em 2 minutos a garrafa estava no chão, pois com a calçada estreita, muita gente e ônibus passando quase acertando os retrovisores na gente, era impossível comer sossegado, ou até mesmo paquerar. Eu comentei que um empreendedor que tivesse a feliz ideia de aproveitar aquele movimento imenso, e abrisse um lugar mais confortável do outro lado da rua iria obter excelentes resultados (na época com palavras mais grosseiras talvez) e fui chamado de louco. Pouco tempo depois o comerciante do barzinho teve que comprar o outro bar que abriu na frente, porque o movimento dele se reduziu de forma exponencial. Ele cresceu e permaneceu pela necessidade não pela oportunidade.

 

O tempo passou e fui gerente em uma empresa de venda de material de construção na cidade, que havia sido criada a partir da ruptura com outra empresa, e uns 20 anos depois, hoje aquela primeira empresa já não existe, encerrou as atividades. Os motivos são os mais diversos. Como pode uma empresa definhar a tal ponto e outra, mais nova possuir quase 50 lojas no estado?

A segunda quis crescer e permanecer, isso deve ter feito a diferença não é? Só ser grande não basta, é preciso permanecer também.

E casos assim foram estão ficando muito comuns nossa cidade, e acredite, no Brasil todo.

 

A lição que fica é… como perpetuar o meu negócio? Como trazer mais clientes? Expandir, vender mais? Comprar melhor? Como lidar com tudo isso?

Ruptura é a reposta, você pode definitivamente entender que as mudanças chegaram ou ficar onde está e esperar fechar a porta. A opção é sua, exclusivamente sua.

Nos últimos cinco anos aquilo que você aprendeu mudou. A tecnologia, as pessoas, o mercado, tudo está sendo revisto, e porque você acha que seu negócio vai continuar do mesmo jeito? Ofereça vantagens, benefícios, faça realmente diferente, entenda de uma vez por todas, ou você revê o seu negócio ou vai ficar para trás.

 

Queira pagar o preço, ficar horas a mais, aprender sobre para onde está indo o seu negócio. A sugestão que deixo é para que você tire algumas horas por semana para estudar as tendências, isso fará a diferença.

Só aceite excelência, o novo mercado será para os excelentes!

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.