Cinco dicas simples para combater a Alta Rotatividade em sua empresa

 

Rotatividade, ou também conhecida como turnover, é a frequência com que os colaboradores deixam uma empresa ao longo do tempo. Os motivos para acontecer são os mais diversos, que passam desde a busca por uma nova posição em outra empresa ou por uma desmotivação causada por uma determinada política de uma empresa, ou ainda por questões pessoais por exemplo.

Esse movimento atrapalha muito a rotina de um negócio e ainda causam prejuízos financeiros, com as demissões e novas contratações e ainda o tempo para qualificar e adaptar os novos colaboradores em suas respectivas funções.

Além disso, contabilizamos o desgaste na imagem da empresa que fica marcada no mercado, sem falar na queda de produtividade quando ninguém consegue mostrar bons resultados diante de alta pressão.

Desvalorizar a mão de obra não é o caminho para que empresas e empreendedores de sucesso atinjam seus objetivos. Com bom senso, autocrítica e foco no resultado é possível ter colaboradores engajados e fiéis com os objetivos de sua empresa. Separei cinco pontos de melhoria para você observar e aplicar em seu negócio caso queira combater a alta rotatividade:

 

1) Trabalhe na Integração de Equipes

 

Não perca de vista o clima organizacional. Invista em ações específicas que vão promover a integração das equipes de trabalho. Confraternizações, fora do ambiente de trabalho ainda são ações simples e que ajudam a construir uma imagem mais humana da organização.

 

2) Flexibilize Horários

 

Ao menos uma vez na semana, deixe que seus colaboradores optem pelo período que preferem trabalhar. Hoje em dia, com a facilidade do acesso remoto, empresas estão muito mais abertas a optar por jornadas mais flexíveis que incluem até o home office.

 

3) Ser acessível

 

Um bom gestor sempre está acessível para sua equipe. É possível sugerir mudanças, contribuir com ideias. Não significa que o empreendedor deva aceitar tudo que é proposto. Porém, é imprescindível ter este canal de comunicação aberto. Só assim é possível enxergar os gargalos que atuam para a evasão das equipes e agir pontualmente, evitando a rotatividade.

 

4) Ser justo com a carga de trabalho

 

As pessoas não vivem para trabalhar. Mesmo que esta seja a opção de boa parte dos empreendedores, é importante entender que o comprometimento é importante, porém ter tempo livre também é fundamental. Somente recarregando as energias é possível entregar melhores resultados.

 

5) Contratar de forma correta

 

Poucos empreendedores pensam dessa forma, mas o grande erro que ocasiona a alta rotatividade é causado em sua raiz no processo de contratação. Buscar o candidato com o perfil e objetivos que harmonizem com sua organização é o ponto chave para reverter o cenário de rotatividade. Para isso, a metodologia DISC é um trunfo que pode ser usado para garantir essa eficiência.

 

Tenho a certeza que tomando cuidado com esses pontos, um empreendedor conseguirá obter os melhores resultados de sua equipe, que estará muito mais motivada e engajada com os projetos. Somente essa sinergia consegue fazer os negócios efetivamente decolarem.

 

 

 

 

 

 

Compartilhe




Receba nossa Newsletter gratuitamente


Digite a palavra e tecle Enter.